Após Camping, Seleção Brasileira acredita que união do grupo contribuirá para bons resultados no Mundial

Após Camping, Seleção Brasileira acredita que união do grupo contribuirá para bons resultados no Mundial

DSC04139
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

A última semana foi de muito trabalho para os 16 atletas da renovada Seleção Brasileira de Taekwondo, que participaram de um Camping de Treinamento realizado no Rio de Janeiro, com o objetivo de se prepararem para o Campeonato Mundial de Taekwondo, assim como fortalecerem o espírito de equipe e a união do grupo.

Esta ação foi preparada, conjuntamente, pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e pela Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD), que reuniram, entre 17 e 24 de abril, no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), todos os atletas titulares da Seleção que representarão o Brasil em Muju, à exceção de João Pedro Chaves , da categoria -80Kg, em virtude de não ter sido dispensado de um treinamento de reciclagem da Força Aérea Brasileira. João Pedro Chaves, que disputará o Campeonato Mundial, foi substituído no Camping pelo seu reserva, André Bilia.

Entre os membros da Seleção, Maicon de Andrade, medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos Rio 2016, é a principal referência deste grupo, que agora é encarado pelo atleta “como uma família”. “Muitos de nós não tínhamos treinado juntos ainda. Agora não somos mais de diferentes equipes, somos uma família só. Estamos entrosados, felizes, alegres, com boa energia, e vamos levar isso para o Mundial. Esta união ajuda todo mundo e este convívio que um camping proporciona é muito bom”, disse o medalhista olímpico.

Raphaella Galacho e Milena Titonelli, titulares das categorias -73Kg e -67Kg, respectivamente, compartilham da opinião do companheiro de equipe. “Penso que este camping está sendo fundamental para nós. O treinamento e toda a estrutura de hospedagem e alimentação foram muito bons. A equipe está muito unida e isso é muito legal de ver. Já participei de várias Seleções e percebo que este ano estamos todos muito mais unidos. Acho que esse vai ser o grande diferencial para trazermos bons resultados”, explicou Galacho, que participará do terceiro Campeonato Mundial em sua carreira, encarando agora de forma mais tranquila a sua missão.

Para Milena Titonelli, que participará pela primeira vez num Mundial Adulto, a interajuda da equipe foi o grande destaque da semana de treinamento, sendo que este fator a ajudará a enfrentar a pressão. “Nos treinos estamos todos nos ajudando. Sempre que um precisa do outro, alguém está lá para ajudar e isso já está sendo bom para mim. Este é o meu primeiro Mundial Adulto e estou um pouco nervosa, mas com a união do grupo e o trabalho com a psicóloga, isso está melhorando. Tenho como referência os meus parceiros de treino que já estiveram em Mundiais e me contaram bastante como é lá, por isso eu já sei o que esperar. Estou estudando as minhas adversárias e sei que tenho muita possibilidade de medalhar. Quero aproveitar as oportunidades que estão aparecendo, dar o meu melhor e conquistar o que eu puder”, afirmou a jovem de 18 anos.

Reforço da Equipe

Apesar de o maior destaque do grupo de atletas ser Maicon Andrade, bronze no Rio 2016, há outra medalhista olímpica no time, que está contribuindo com toda a sua experiência para o sucesso da Seleção. Natalia Falavigna, bronze em Pequim 2008, integra agora a equipe técnica da Confederação Brasileira de Taekwondo e será a Chefe de Equipe no Mundial.

“Este é um desafio muito grande, mas eu sinto que posso colaborar a transformar a nossa modalidade, através de trabalho conjunto com o presidente, com a coordenação, com os atletas, e todos os envolvidos no nosso esporte. Estou feliz e motivada em pensar no Taekwondo como um todo, trabalhando, por agora, em ações pontuais, mas que têm uma conexão num programa a longo prazo. Acredito que ter ex-atletas qualificados e envolvidos na gestão do esporte é vantajoso. Os ex-atletas passaram pelos processos que os atletas estão passando… as dúvidas, solicitações e necessidades são as mesmas, então o entendimento daquilo que eles precisam é muito claro”, declarou Falavigna.

A presença destas grandes referências entre os membros da equipe é considerada  uma mais-valia por todos, especialmente pelos mais jovens, que se espelham no sucesso dos seus companheiros na busca de bons resultados. Para Edival Marques, que na categoria Juvenil foi campeão olímpico, mundial e sulamericano, mas que agora fará a sua estreia em Mundiais da categoria Adulto, a realização do Camping com toda a equipe e com nomes de peso foi muito importante para todos.  “O Mundial será a primeira grande competição deste novo ciclo olímpico e é muito bom podermos treinar juntos, de forma a fortalecer a equipe e a nossa união, assim como será a aclimatação no Japão. Além disso, treinar com o Maicon e a Natália é inspirador, sempre passam uma grande experiência para nós que somos mais jovens, dão-nos força e, essas mensagens vindo de medalhistas olímpicos são ainda mais importantes”, declarou o representante da categoria -68Kg.

Apesar da sua conquista no Rio 2016, Maicon Andrade também faz parte dos 10  atletas que ainda não tem experiência em Mundiais. Porém, isso não o atrapalha: “Estou tranquilo e encaro este evento como se fosse qualquer outra competição. Não posso botar peso neste evento porque isso vai criar pressão em mim e eu tenho que ir competir leve, relaxado, alegre. Para mim o mais difícil é treinar. Não vejo a hora de chegar lá e competir. Vou manter a cabeça no lugar e dar o meu melhor, buscando o que se almeja, que é ser campeão”, concluiu.

Aclimatação e Mundial

Este foi o último treino conjunto da equipe, no Brasil. Os 16 atletas e uma equipe técnica multidisciplinar viajará no dia 11 de junho para uma aclimatação em Tóquio – Japão e, de lá, irão diretamente para Muju, onde o Campeonato Mundial será realizado de 24 a 30 de junho, contando já  com a inscrição de mais de 1000 atletas de 170 países.

Os atletas que representarão o Brasil na Coreia do Sul são os seguintes: Feminino: Camila Bezerra (-46kg), Talisca Reis (-49kg), Leonor Dias (-53Kg), Rafaela Araujo (-57Kg), Julia Vasconcelos (-62Kg), Milena Titonelli (-67Kg), Raphaella Galacho (-73Kg) e Gabrielle Siqueira (+73Kg); Masculino: Adriano Alves (-54Kg), Cristiano Valeriano (-58Kg), Davilani Cruz (-63Kg), Edival Marques (-68Kg), Nickollas Ribeiro (-74Kg), João Pedro Chaves (-80Kg), Icaro Soares (-87Kg) e Maicon Siqueira (+87Kg).

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente