Brasil termina participação no Mundial de Parataekwondo com lutas de destaque

Brasil termina participação no Mundial de Parataekwondo com lutas de destaque

Rodrigo Ferla - Seleção Brasileira Parataekwondo - Mundial 2017
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

O VII Campeonato Mundial de ParaTaekwondo foi realizado hoje, 19 de outubro,  em Londres, com a participação de 265 atletas. O Brasil competiu com sete atletas, a maior seleção com que alguma vez o nosso país disputou neste evento, dos quais cinco foram enquadrados pela Classificação Funcional da Federação Mundial de Taekwondo (WT) na  Classe K44, destinada a para-atletas que possuem apenas um membro superior ou um membro superior impedido.  Os atletas Jonatan Borges e Nielison Santos não passaram nesta classificação realizada pela WT, que não reconheceu nos atletas a deficiência física mínima que se encaixe para o Parataekwondo.

Nenhum dos atletas brasileiros chegou ao pódio, porém tiveram participações de destaque, com lutas bem disputadas e alguns placares elásticos, que evidenciaram a superioridades dos atletas nacionais em quadra, mesmo perante alguns adversários com colocações de destaque no Ranking Mundial.

Na categoria Feminino -58Kg, o Brasil teve duas representantes: Suelen Modro e Cristhiane Nascimento. Suelen Modro venceu na estreia contra a atleta de Ruanda, Consolee Rukundo, 7ª do Ranking Mundial, por 23×12. Na sua segunda luta, enfrentou a americana Brianna Salinaro, 3ª do Ranking Mundial, de quem perdeu por 5×2, acabando a competição em 5º lugar.  Cristhiane Nascimento se classificou em 9º lugar, após ter perdido na sua estreia contra a atleta turca Nurcihan Ekinci.

Nathan Torquato, da categoria Masculino -75Kg, venceu a primeira luta,  após a desistência por lesão do adversário francês, Alain Akakpo, 9º no Ranking Mundial, no momento em que o confronto estava empatado 1×1. Contudo, nas oitavas de final, acabou perdendo para o espanhol Gabriel Garagarza, pelo placar de 14×13, classificando-se assim em 9º lugar no evento.

Na sua estreia em Mundiais, o medalhista pan-americano Lucas Santos, que lutou na categoria Masculino -61Kg, passou a fase de eliminatórias, ao vencer Nikola Bilak, da Sérvia, por 22×2. No entanto, nas oitavas de final, o brasileiro ficou em desvantagem para o turco Mahmut Bozteke e terminou a sua participação no evento em 9º lugar.

A atleta que representou o Brasil na categoria feminino +58 Kg, Debora Menezes,  venceu  a sua luta de estreia contra a atleta turca Seima Emekziz, pelo placar elástico de 22×1, passando às quartas de final, onde enfrentou a atleta líder do Ranking Mundial, Amy Truesdale, do Reino Unido. No entanto, na luta de acesso à medalha, a brasileiro perdeu para a adversária.

Rodrigo Ferla Martins e Alan Nascimento são os técnicos que acompanham os atletas no evento, juntamente com a fisioterapeuta Elisa Pilarski.

A Confederação Brasileira de Taekwondo parabeniza os atletas, pelo esforço dedicado à competição, e toda a equipe técnica pelo empenho.

WhatsApp Image 2017-10-16 at 15.06.26 (2)

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente