CBTKD conhece proposta de parceria para construção de Centro de Treinamento na região metropolitana do Rio de Janeiro

CBTKD conhece proposta de parceria para construção de Centro de Treinamento na região metropolitana do Rio de Janeiro

DSC04241
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

 

 A construção de um Centro de Treinamento exclusivo para as Seleções de Taekwondo é um grande objetivo da CBTKD já há alguns anos, que agora está mais perto de ser alcançado.   Nesta quarta-feira, dia 31 de maio, o presidente da entidade, Alberto Maciel Junior, se reuniu com uma comitiva da prefeitura de Japerí, uma cidade na zona metropolitana do Rio de Janeiro – RJ a 70 quilômetros da capital, para conhecer uma proposta de parceria entre as duas entidades  com o objetivo de construir um Centro de Treinamento (CT) para o Taekwondo Nacional.

Uma comitiva composta pelo prefeito Carlos Moraes, pelo vice -prefeito Cezar Melo e pelos  secretários municipais Vinicius Araújo, de Urbanismo e Habitação, e Luiz Barcelos, de Desenvolvimento Econômico, recebeu o presidente da CBTKD, assim como o Mestre Yong Min Kim, que intermediou o contato entre as duas entidades, e empresários coreanos que deverão investir na cidade e na construção do CT.

Após a reunião na Prefeitura de Japeri,  houve uma visita ao local onde deverá ser construído o CT.  Trata-se do antigo Clube do Sindicato dos Metalúrgicos, com uma área total de mais de 38 mil metros quadrados, onde já existem algumas construções que poderão ser reaproveitadas, assim como espaço onde poderá se construir novas estruturas, como  ginásio ou outras áreas de treinamento.

De acordo com o prefeito Carlos Moraes, a parceria poderá ser selada de diferentes formas, mas o mais provável é que a prefeitura adquira o antigo clube e, após, seja feita uma concessão do uso do espaço para a Confederação.

Alberto Maciel Junior ficou satisfeito pela proposta apresentada e informou que, após este primeiro passo, empenhará todos os  esforços para que as negociações prossigam e que o CT seja viabilizado e fique disponível o mais rápido possível.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente