Confira os destaques do Congresso Técnico da Seletiva Aberta

Confira os destaques do Congresso Técnico da Seletiva Aberta

5
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

A Seletiva Nacional Aberta começou hoje no Rio de Janeiro , com a realização do credenciamento dos participantes, pesagem e do Congresso Técnico, cuja mesa foi composta pela presença das equipes técnica e de arbitragem da CBTKD, assim como do Secretário Geral, o Interventor da entidade e ainda do representante do CEFAN.

Entre os assuntos técnicos abordados, as designações mais relevantes foram relacionadas ao tempo de lutas e ao horário de início de competição. No que diz respeito ao tempo das lutas, foi designado que, na categoria Cadete, serão três rounds de um minuto e trinta segundos, com intervalos de um minutos; enquanto que nas categorias Juvenil e Adulto, haverá três rounds de dois minutos, com intervalos de um minuto.

Foi ainda informado que a competição terá início às 8h00, sendo que o grupo de arbitragem estará no ginásio a partir das 7h00, para que a primeira chamada seja realizada às 7h30.

Foi reforçada também a excelência técnica que o evento terá e o fato de ser utilizado o legado olímpico dos Jogos Rio 2016, visto que alguns materiais como tatames, sistema PSS da Daedo, capacete e colete eletrônico serão aproveitados para a realização da Seletiva.

A competição ocorrerá no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), no endereço Av. Brasil, 10590 – Penha, Rio de Janeiro – RJ, 21012-350, em parceria com a Marinha do Brasil e terá entrada franca para todos que pretendam assistir. Este evento, cujos campeões garantem vaga no Grand Slam de formação da Seleção Brasileira de Taekwondo 2017, é também o primeiro a ser realizado no período de intervenção judicial que esta entidade nacional está passando ao longo de 90 dias, sob o comando do interventor Carlos Carvalho.

Apresentação da Intervenção Judicial

Aproveitando o momento em que estavam vários técnicos e alguns presidentes de federação presentes, o interventor Carlos Carvalho fez uma breve apresentação do processo de intervenção pelo qual a CBTKD está passando. Além de explicar para o público taekwondista o conceito e os motivos pelos quais a intervenção está sendo realizada, o interventor explanou sobre o diagnóstico preliminar da entidade que foi possível realizar até ao momento, assim como as medidas administrativas que já foram tomadas. Além disso, Carvalho esclareceu algumas dúvidas dos técnicos presentes, colocand0 os seus contatos à  disposição para maiores esclarecimentos.

CONFIRA AQUI A APRESENTAÇÃO do Interventor Judicial da CBTKD.

9 8 7 6 5 4 3 2 1

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente