Paraná é campeão no Cadete, Pernambuco no sub-21 e muito mais sobre o 1º dia de Copa do Brasil (Atualizado)

Paraná é campeão no Cadete, Pernambuco no sub-21 e muito mais sobre o 1º dia de Copa do Brasil (Atualizado)

XXVII Copa do Brasil de Taekwondo no Ginasio do Minas Brasilia Tenis Club. 24 de novembro de 2017, Brasilia, DF, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBTKD
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Brasília / DF – A primeira manhã de combates da Copa do Brasil de Taekwondo 2017 trouxe muita emoção e golpes incríveis para o ginásio poliesportivo do Minas Brasília Tênis Club. Ao todo, somente nesta sexta-feira, 24/11, mais de 150 lutas foram realizadas, entre as cinco áreas, por meninos e meninas das categorias cadete e sub 21. Com início às 8h, a etapa de sábado, trará ao tatame os competidores do infantil, juvenil e másters. Clique aqui e veja as fotos do dia.

Após o primeiro dia, Paraná já conquistou o título de campeão da categoria Cadete. Rio de janeiro e Brasília conquistaram a segunda e terceira colocações, respectivamente. No categoria Sub-21, diferente do que foi divulgado anteriormente, Pernambuco quem levou o troféu de primeiro lugar, seguido por Goiás, na segunda posição. Novamente em terceiro, Brasília garantiu seu segundo troféu no torneio.

Com o objetivo e tradição de revelar novos talentos, a Copa do Brasil mostrou que está cumprindo o seu papel.

O primeiro vencedor da etapa foi Eduardo Arcanjo, de treze anos, do Distrito federal. Eduardo venceu Jhonatan Gabriel, de Santa Catarina, na decisão do cadete, 33 kg, e tornou-se bicampeão da categoria. Eduardo entrou no Taekwondo ainda bem pequeno, por influencia de seu pai e irmão, praticantes da modalidade. Dentre tantos motivos que fazem os atletas buscarem o título, uma recompensa de seu treinador e pai, fez Eduardo comemorar ainda mais. “Agora meu pai vai me dar um celular, né, mãe”.

XXVII Copa do Brasil de Taekwondo no Ginasio do Minas Brasilia Tenis Club. 24 de novembro de 2017, Brasilia, DF, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBTKD

– Esta é a segunda vez que venci na categoria. Foi muito bom competir aqui. Meu pai tinha prometido me dar um celular se eu fosse campeão. Estou muito feliz – comentou contente Eduardo.

Fazendo jus a citação do país no seu nome, a competição tem a diversidade como um de seus pontos altos. Dentro todos os Estados, somente três não mandaram representantes. Com isto, histórias como a da campeã Pan-Americana, Cadete, Karen Araújo, do interior de Pernambuco, são melhores contadas.

Com apenas 12 anos, a atleta conquistou a primeira colocação, no cadete até 33 quilos. Karen e seu reinador, Lindomar Silva, representam o Estado de Pernambuco e já conquistaram juntos o título Pan-Americano, em San Jose, também em 2017. Segundo seu professor, Karen recebeu o convite para um trainign camp, na China, no próximo mês de março.

WhatsApp Image 2017-11-24 at 20.47.08

– O projeto para a Karen é que consigamos manter esse ritmo de competições, ou aumentar. Trabalhamos com 120 crianças, entre 5 e 18 anos de idade. Ela já faz um trabalho especifico com mais cinco alunos que se destacam. Ela tem somente 29 quilos, mas como não tinha mais ninguém nesta categoria, subimos para a 33 quilos – analisou Lindomar, professor da ONG que recebe 120 atletas.

WhatsApp Image 2017-11-24 at 20.47.07

Para Karen, além das vitórias, as viagens são fatores importantes para sua vida de atleta. “Desde os sete anos eu luto taekwondo porque acho um esporte muito emocionante, que me incentiva muito a viajar e conhecer outros lugares. Eu não conhecia antes de entrar no projeto da escola. Para vencer aqui estava treinando muito, assim como para Pan-Americano. Vou voltar para meus treinos com muito orgulho e lisonjeada com a medalha na categoria acima – comentou

Nem só de ouro e prata são contadas as grandes vitórias. Vindo do Paraná e ainda sem ter noção do seu feito, Jack Chang, conquistou sua primeira medalha de Copa do Brasil, o bronze na categoria cadete, menos 57 kg. Jack comentou não estar muito satisfeito com seu resultado e diz saber que precisa dedicar-se mais aos treinos para ter sucesso como seu homônimo mais famoso. “Meu pai quem escolheu meu nome e eu já assisti filmes do Jack Chang, mas não gosto muito. Com Eu comecei a três anos, no Projeto Gente, na minha cidade, no Paraná, mas nunca tinha lutado antes” “, comentou ainda tímido.

XXVII Copa do Brasil de Taekwondo no Ginasio do Minas Brasilia Tenis Club. 24 de novembro de 2017, Brasilia, DF, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBTKD

O Ouro ficou com Pedro Lima, do Rio de Janeiro, a prata com Alex Coelho,de Goás, e o outro medalhista de bronze foi Luiz Fillipe, do Distrito Federal.

Conheça os medalhistas

 

Programação

Sábado – 25/11

9h – 11h: Pesagem Categorias (Masc e Fem) – Adulto

Das 8h às 13h – Competição Categorias

Juvenil Masculino
Até 45 kg; 51 kg; 59 kg; 68 kg; 78 kg
Juvenil Feminino
Até 42 kg; 46 kg; 52 kg; 59 kg; 68 kg
Master 1 Masculino
Até 58 kg; 68 kg; 80 kg; + 80 kg
Mascter 1 Feminino
Até 49 kg; 57 kg; 67 kg; + 67 kg
Infantil Masculino e Feminino
Todos os pesos

13h: Premiações das Categorias

Das 13h às 18h – Competições Categorias
Juvenil Masculino
Até 48 kg; 55 kg; 63 kg; 73 kg; + 78 kg
Juvenil Feminino
Até 44 kg; 49 kg; 55 kg; 63 kg; + 68 kg
Master 2,3,4 e 5 Masculino
Até 58 kg; 68 kg; 80 kg; + 80 kg
Master 2, 3, 4 e 5 Feminino
Até 49 kg; 57 kg; 67; + 67 kg

Faixas Coloridas
Todos os Pesos e Faixas

18h: Premiações das Categorias

Domingo – 26/11

Das 8h às 12h – Competição Categorias
Adulto Masculino
Até 54 kg; 63 kg; 74 kg; 87 kg
Adulto Feminino
Até 46 kg; 53 kg; 62 kg; 73 kg

12h: Premiações das Categorias

Das 12h às 16h – Competições Categorias
Adulto Masculino
Até 58 kg; 68 kg; 80 kg; + 87 kg
Adulto Feminino
Até 49 kg; 57 kg; 67 kg; + 73 kg

16h: Premiações das Categorias

16h30: Premiação Geral por Equipe

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente